Após os fortes temporais que causaram estragos em várias cidades da região metropolitana de Belo Horizonte, a população pode se preparar para mais chuvas fortes pelo menos até o final de semana, conforme o instituto Tempo Clima PUC Minas. Nesta quinta-feira (30), enquanto muitos ainda contabilizam os prejuízo da tempestade do dia anterior, pode-se esperar chuvas fortes.

De acordo com o meteorologista Heriberto dos Anjos, a previsão continua sendo de muita instabilidade que ainda deverá ganhar força na grande BH. “Pode sim ter chuva forte ao longo desta quinta, com risco de tempestades, o que deverá durar até o domingo (3)”, explicou. 

O especialista conta que as tempestades de quarta-feira (29) ocorreram em função do é chamado de “chuva convectiva”. “Aconteceu a formação de dois números fortes que atingiram a região metropolitana praticamente simultaneamente, sendo um na região de Brumadinho, Betim, Ribeirão das Neves e parte de Esmeraldas, e o outro sobre os municípios de Santa Bárbara, Rio Acima, Itabirito e Caeté”, disse dos Anjos. 

Continua após a publicidade

Este fenômeno foi o que provocou os temporais acompanhados de ventos fortes e chuva de granizo. “Infelizmente não temos como prever, mas podemos dizer que não dá para descartar a possibilidade de novas chuvas de granizo nos próximos dias. A população pode ficar atenta, pois dezembro já vai começar com muita chuva”, completa. 

Com a grande nebulosidade, a previsão é de que as temperaturas baixem nos próximos dias. Nesta quinta a máxima deverá chegar a 27ºC, enquanto a mínima foi de 17ºC. Na sexta-feira (1º) a máxima deverá cair para 21ºC, enquanto a mínima deverá se manter. 

Apesar dos estragos, a quantidade de chuva acumulada não foi alta, com 45 mm em Caeté, 30,5 mm em Betim, 10 mm em Brumadinho, 4 mm em Contagem e 2 mm em BH. “Acontece que geralmente temos um acúmulo maior, mas em um maior período de tempo. Dessa vez choveu muito em um intervalo de menos de 1h, por isso o estrago tão grande”, continua o meteorologista. 

Interior

A previsão também é de chuva na maior parte de Minas Gerais, principalmente na região Central. Entretanto, a população do Vale do Rio Doce, da região Noroeste, Triangulo, Oeste e Zona da Mata também podem se preparar para receberem muita água nos próximos dias. 


Comments are closed.