Moradores do bairro Santa Fé, em Justinópolis, distrito de Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte, decidiram fazer justiça com as próprias mãos após a denúncia de que um homem de 26 anos teria estuprado a neta da companheira e o executaram com cerca de 20 disparos, na madrugada desta quinta-feira (30). 

A Polícia Militar foi acionada por volta das 2h no beco Santa Rosa, onde acharam o rapaz já sem vida. A perícia constatou que ele foi atingido por vários disparos na cabeça, costas e pernas, sendo que 20 cápsulas de calibre .380 foram localizadas próximo ao corpo. Uma munição intacta também foi achada no local.

A mulher do homem assassinado compareceu ao local e o identificou apenas como Guilherme.Foi ela quem contou que, por volta das 22h de quarta-feira (29), ela e sua ex-nora foram até o hospital pois a filha pequena dela, que não teve a idade divulgada, estaria doente.

Continua após a publicidade

Porém, durante o atendimento, a mãe da criança revelou para a médica que a filha contou recentemente que o companheiro de sua avó teria tocado a sua região genital. Ainda segundo a companheira do homem, a ex-nora fugiu do hospital com a criança e contou no bairro que ele teria estuprado sua filha, o que teria motivado o homicídio.

O caso será investigado pela Delegacia de Ribeirão das Neves. 


Comments are closed.