O lateral-esquerdo Egídio foi o primeiro reforço contratado pela nova diretoria do Cruzeiro pensando na temporada 2018. A chegada do atleta, ex-Palmeiras, agradou ao técnico Mano Menezes, que o indicou para substituir a Diogo Barbosa, vendido justamente para o clube paulista.

“O Egídio é um ótimo jogador, quando a gente perdeu o Diogo Barbosa começou a trabalhar com a possibilidade de tê lo. Ele preenche as características que a gente queria, tem ótima finalização. É um jogador inteligente e tenho certeza que vai fazer um ano muito bom com a gente”, disse Mano Menezes.

Além de Egídio, novo reforço para a lateral esquerda, o Cruzeiro conta com Bryan como opção para o setor. A tendência é que a direção azul ainda busque um nome para o setor, para disputar posição com o novo reforço em 2018.

Continua após a publicidade

Do outro lado do campo, Mano comentou sobre a situação da lateral direita da Raposa. A direção tenta a contratação de Rafinha, do Bayern de Munique. Porém, a concorrência é grande e a dificuldade para buscar o atleta tem aumentado.

Porém, engana quem acha que o treinador azul está insatisfeito com as atuais opções do elenco para a lateral direita. “Primeiro diferentemente de boa parte da imprensa e de alguns torcedores, eu estou feliz com o Ezequiel. Sempre que esteve em campo ele deu conta”, rebateu Mano. 

“Não tivemos carência. Mas ele ficou muito tempo fora. Aí improvisamos o Romero que também foi bem e vai jogar domingo. A gente sempre soluciona os problemas assim. Não temos nada crônico aqui que a gente não possa resolver”, observou o treinador.