Começa no próximo dia 11 de dezembro as vistorias dos veículos de carga que passam pelo Anel Rodoviário de Belo Horizonte. O anúncio foi feito no fim da manhã desta sexta-feira pela Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans) durante uma audiência pública sobre o tema. A medida visa trazer mais segurança para quem circula pela via.

A fiscalização dos veículos será feita antes da entrada no Anel, pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). A princípio, a BHTrans chegou a divulgar que na data teria início a restrição de veículos de carga na rodovia entre 17h e 20h, porém, a assessoria do órgão voltou atrás pouco tempo depois desmentindo a informação. 

A informação divulgada inicialmente era de que a empresa de trânsito e transporte já tinha mapeado todos os postos de combustível ao longo do Anel Rodoviário, e de rodovias próximas, para saber onde os caminhões poderiam ficar parados durante a restrição de circulação. 

Continua após a publicidade

Segundo estimativa do Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas de Minas Gerais (Setcemg), mais de 19 mil veículos de carga passam pelo Anel Rodoviário todos os dias, e a restrição de tráfego no Anel, além da falta de locais para parar todos os veículos, preocupa o setor.

 

Mortes

Este ano, 27 pessoas já perderam a vida em acidentes no Anel. No mesmo período do ano passado, foram 31 mortes. O trecho de restrição abrange a descida do bairro Betânia, que já foi palco de várias tragédias envolvendo veículos pesados, que perderam os freios ao trafegar em alta velocidade.

De acordo com o presidente da BHTrans, estatísticas apontam que o horário da tarde registra os maiores índices de acidentes graves.

Atualizada às 13h18


Comments are closed.