O torcedor que pretende ir até a Rússia para assistir aos jogos da Copa do Mundo precisa saber que não é barato e a logística também não é tão simples. Não existe voo direto. A melhor maneira de chegar à Rússia a partir do Brasil é de Turkish Airlines, via Istambul. Mas também há voos pela Alitalia via Roma, pela Aeroflot vindo de Moscou e alguns outros.

Os torcedores podem ir por conta própria, ou contratar uma agência autorizada. Porém, a comodidade de contratar uma agência tem seu preço. O pacote para assistir à primeira fase custa em torno de 4 mil euros (R$ 14.683, aproximadamente) para hotel, transfers, city tour, guias turísticos.

Para a Copa completa, os valores chegam a 18.200 euros (R$ 66.967). Já o Hospitality, que é o pacote com ingressos – em categoria 1 – com alimentação, entre outros serviços, custa US$ 2.550 (R$ 8.364), para os três primeiros jogos e US$ 11 mil (R$ 36.080) para todas as partidas até a final do Mundial.

Continua após a publicidade

Além desses valores, é preciso comprar a passagem de ida e volta para a Rússia, em média US$ 1,8 mil (R$ 5.904). Ir por conta própria, porém, pode render uma experiência bem mais barata. Uma diária em Moscou, pelo site de busca Booking.Com, varia de R$ 80 a R$ 5.806, dependendo do tipo, tamanho e qualidade do hotel. Outro ponto é a alimentação.

SEM VISTO Segundo o Expatistan, plataforma que calcula o custo de vida em diversas cidades do mundo, um lanche em fast-food, por exemplo, custa aproximadamente 293 rublos – moeda oficial da Rússia –, ou R$ 17. Dessa forma, ao decidir ir sozinho, é preciso colocar todos os valores na balança e calcular o gasto diário. Já com relação ao transporte na Rússia, segundo o governo russo, será gratuito entre as cidades-sede da Copa do Mundo para quem tiver ingresso para os jogos.

Para ter acesso ao benefício é preciso se cadastrar no site tickets.transport2018.com (em russo e inglês). Outra opção é fazer os traslados de avião, mas aí o custo sobe exponencialmente. Um outro detalhe importante é que, para períodos de até 90 dias, brasileiros não precisam de visto para entrar na Rússia, basta estar com o passaporte em dia.

Mesmo assim, durante a Copa do Mundo, o país europeu não exigirá a autorização de entrada para quem portar ingressos para os jogos.

* Estagiária sob a supervisão da subeditora Elizabeth Colares

Ingressos para a Copa do Mundo 2018 (com dólar a R$ 3,28)

Abertura
US$ 220 (R$ 721)
US$ 390 (R$ 1.279)
US$ 550 (R$ 1.804)

Jogos de grupo 
US$ 150 (R$ 344)
US$ 165 (R$ 541)
US$ 210 (R$ 688)

Oitavas de final
US$ 115 (R$ 377)
US$ 185 (R$ 606)
US$ 245 (R$ 803)

Quartas de final 

US$ 175 (R$ 574)
US$ 255 (R$ 836)
US$ 365 (R$ 1.197)

Semifinal 

US$ 285 (R$ 934)
US$ 480 (R$ 1.574)
US$ 750 (R$ 2.460)

3º lugar 

US$ 175 (R$ 574)
US$ 255 (R$ 836)
US$ 365 (R$ 1.197)

Final 
US$ 455 (R$ 1.492)
US$ 710 (R$ 2.328)
US$ 1.100 (R$ 3.608)

Fonte: UAI


Comments are closed.