O Bayern de Munique não poderia pedir por um sábado melhor. Não bastasse derrotar o Hannover por 3 a 1 em casa, para a festa de sua torcida, com uma arbitragem bastante confusa, o time bávaro ainda pôde comemorar a derrota do RB Leipzig para o Hoffenheim, por 4 a 0, resultado que o possibilitou abrir vantagem na liderança do Campeonato Alemão.

O Bayern foi a 32 pontos, enquanto o RB Leipzig, que segue na segunda posição, parou nos 26. Agora, os bávaros voltam as atenções para a Liga dos Campeões, pela qual encaram o Paris Saint-Germain na terça, em casa. Já o Hannover parou nos 19 pontos no Alemão, em décimo, e pega o Hoffenheim, quinto, com 23, no domingo que vem pela próxima rodada.

O time da casa começou o confronto deste sábado dando mostras de que golearia. Vidal era esquecido pela marcação adversária e foi responsável pelas três primeiras chances. Aos três minutos, apareceu sozinho na área após cruzamento de Müller, mas bateu fraco e facilitou para o goleiro. Aos sete, encheu o pé de canhota e acertou a trave.

Continua após a publicidade

De tanto insistir, o chileno finalmente abriria o placar aos 16 minutos, mesmo que sem querer. Thomas Müller, outro que encontrava muita liberdade, cruzou da direita, Vidal tentou ajeitar de cabeça para Lewandowski, mas a bola passou por todo mundo e morreu no canto esquerdo do goleiro.

Foi então que começou a aparecer a arbitragem. Aos 23 minutos, Müller cruzou da direita, Lewandowski, em posição duvidosa, bateu prensado com o goleiro e deu sorte, porque a sobra ficou com ele mesmo, apenas com o trabalho de empurrar para a rede. O árbitro de vídeo, então, entrou em cena para avisar o juiz e anular o gol.

Já no lance seguinte, Klaus foi lançado e arrancou sozinho antes de driblar Ulreich e ser derrubado pelo goleiro do Bayern. Guido Winkamann marcou pênalti, que Füllkrug bateu para marcar. O árbitro, porém, mandou voltar por invasão de área. Na segunda tentativa, Ulreich defendeu e a sobra ficou com o próprio Füllkrug, que perdeu chance incrível com o gol vazio.

Mas não demoraria para sair o empate do Hannover. Aos 34 minutos, Benschop aproveitou escanteio da esquerda cobrado por Klaus e desviou para a rede. O Bayern ainda tentou responder no fim do primeiro tempo, aos 45, mas a cabeçada de Müller, após falta de James Rodríguez, parou no travessão.

No segundo tempo, então, o Bayern tratou de ir para o ataque e passou a desperdiçar oportunidades. Antes dos 10 primeiros minutos, foram três com James Rodríguez, sempre de fora da área. Na melhor delas, aos oito, ele cortou para o meio e arriscou, mas a bola tocou no travessão novamente.

De tanto insistir, o Bayern seria premiado aos 21 minutos. Müller tentou o cruzamento pela direita, a bola desviou e parou no outro lado com Coman. O meia teve calma para driblar o marcador e bater firme, no alto. Ainda houve tempo para Lewandowski marcar o seu, aos 41, após pênalti sofrido por Coman

OUTROS RESULTADOS – Ainda neste sábado, o Borussia Dortmund voltou a tropeçar e não passou de um empate por 1 a 1 diante do Bayer Leverkusen, fora de casa. Já são sete partidas seguidas sem vencer no Alemão para o Dortmund, que agora é o sexto colocado da competição, com 22 pontos, enquanto o Leverkusen chegou a 21, em oitavo.

Em sétimo, aparece o Augsburg, que chegou aos 22 pontos ao bater o Mainz por 3 a 1, fora de casa. Já o Werder Bremen venceu apenas pela segunda vez na competição ao fazer 1 a 0 sobre o Stuttgart, em casa. Mesmo assim, a equipe é a penúltima colocada da competição, com 11 pontos.


Comments are closed.