Com a provável confirmação do volante Arouca como primeiro reforço do clube para 2018, a disputa por uma vaga de titular no meio de campo do Atlético promete ser acirrada na próxima temporada. A diretoria alvinegra não confirma o acerto, mas a informação é que o jogador, que pertence ao Palmeiras, já esteve em Belo Horizonte fazendo os exames médicos antes de assinar contrato.

Para a posição de volante, o técnico Oswaldo de Oliveira já conta no grupo com Elias, Roger Bernardo, Adilson e Yago. Desses jogadores, Elias e Roger Bernardo, com 32 anos, e Adilson, com 30, são mais experientes e têm passagens por grandes clubes, inclusive da Europa, enquanto Yago, que tem 22 anos, ainda tenta se firmar entre os titulares.

Revelado nas categorias de base do Atlético, Yago tem a confiança do técnico Oswaldo de Oliveira e, com o treinador alvinegro, ele conseguiu emplacar uma boa sequência de jogos como titular na Série A, a partir do clássico com o Cruzeiro.

Continua após a publicidade

Histórico. Adilson chegou ao Atlético em março deste ano. Com a camisa do clube, ele fez 36 partidas e não marcou nenhum gol. Roger Bernardo está no alvinegro desde julho deste ano e fez 12 jogos e nenhum gol. Elias acertou com o Galo em fevereiro de 2017 e, pelo clube, realizou 55 jogos e marcou dez gols.

Pela experiência que tem no futebol, Elias é titular absoluto no meio de campo do Atlético para a partida de domingo (3), contra o Grêmio, válida pela última rodada do Campeonato Brasileiro. A outra vaga deveria ser de Yago, mas uma virose fez o jogador ir parar no hospital para tomar soro, e ele está vetado pelo departamento médico. Em seu lugar, o comandante alvinegro deverá dar uma nova oportunidade para Adilson mostrar serviço e provar que poderá ser útil no ano que vem.

Rússia. Antes de acertar com o Atlético, Adilson, que foi revelado no Grêmio, estava no Terek Grozny, da Rússia. O volante não participou do treino com bola realizado na manhã de sexta-feira (1), na Cidade do Galo, porque foi liberado para resolver problemas particulares.

O último jogo de Adilson como titular com a camisa do Atlético foi no dia 15 de novembro, no empate em 1 a 1 com o Vasco, no estádio São Januário, em partida válida pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ele ficou fora da vitória sobre o Coritiba e do empate com o Corinthians. Uma boa partida diante do Grêmio, que nesta semana foi campeão da Libertadores e virá a Belo Horizonte com um time sub-19, poderá ajudar Adilson a se firmar no elenco.