O Chelsea fez sua parte neste sábado, derrotou o Newcastle em casa e manteve-se na perseguição ao Manchester City no Campeonato Inglês. No Stamford Bridge, o time de Antonio Conte sofreu um susto e começou atrás no placar, mas contou com dia inspirado de Hazard, autor de dois gols, para buscar a virada e vencer por 3 a 1, na abertura da 15.ª rodada.

O resultado levou o Chelsea a 32 pontos, na terceira colocação, com o mesmo número do Manchester United, que tem um jogo a menos A liderança é do Manchester City, que tem 40 pontos e também ainda atua neste fim de semana. Já o Newcastle parou nos 15 pontos e é somente o 12.º colocado.

O Chelsea agora volta suas atenções para a Liga dos Campeões, pela qual encara o Atlético de Madrid nesta terça-feira, em casa Já o Newcastle tentará encerrar a sequência de seis jogos sem vitória no sábado que vem, contra o Leicester, em casa, pelo Inglês.

Continua após a publicidade

Até pela sequência negativa, o Newcastle adotou postura surpreendente neste sábado e assustou o Chelsea aos oito minutos, em chute de Merino que Courtois defendeu. Aos 11, o time visitante abriu o placar. Kanté errou na tentativa de cortar um lançamento, Murphy dividiu com o goleiro e a bola sobrou limpa para Gayle marcar.

O gol, porém, só acordou o Chelsea, que foi para cima e acertou a trave aos 20 minutos com o zagueiro Christensen. No lance seguinte, porém, saiu o empate. Azpilicueta colocou a bola na área, a defesa afastou momentaneamente, mas a sobra ficou para Hazard, que emendou de primeira, com estilo, sem chances para o goleiro.

O Chelsea diminuiu o ritmo após o empate, passou a administrar a posse de bola, mas mesmo sem insistir muito, buscou a virada ainda no primeiro tempo. A defesa do Newcastle afastou mal novamente, Moses ficou com a sobra e cruzou na cabeça de Morata, que finalizou sozinho para a rede.

Era o que o Chelsea precisava para ter tranquilidade na etapa final. Logo com um minuto, Morata recebeu cruzamento na medida de Moses e finalizou para fora. Aos 10, Hazard arriscou de fora, a bola desviou no meio do caminho e quase matou o goleiro Darlow

A etapa final era toda do Chelsea, que acumulava chances desperdiçadas. Até que, aos 27 minutos, o time da casa definiu a partida. Fábregas recebeu na intermediária e enfiou para Moses, que foi calçado no carrinho por Ritchie. O árbitro marcou pênalti, que Hazard cobrou com categoria para selar o resultado.

 


Comments are closed.