A prefeitura de Belo Horizonte informou na manhã desta segunda-feira (4) que vai abrir 10 mil novas vagas para crianças entre 0 e 5 anos na educação infantil da capital para 2018. O Executivo também confirmou que crianças de 2 anos não poderão mais ser matriculadas em horário integral, que vai abrir turmas de educação infantil em 31 escolas municipais da cidade e que horário de funcionamento das instituições serão reduzidos em 30 minutos em cada turno conforme já adiantado por O Tempo nesta segunda-feira. Para crianças que já estão matriculadas, não haverá alteração. Obras de adaptação começam ainda neste mês nas escolas municipais.

Segundo a secretaria municipal de Educação apenas as Unidades Municipais de Educação Infantil (Umeis) em 11 áreas de vulnerabilidade da capital não passarão por alterações, embora também não esteja prevista a abertura de novas vagas nessas unidades.

Crianças entre 0 e 1 ano continuarão sendo matriculados em horário integral. A alteração fica restrita a matrícula de crianças de 2 anos, uma vez que alunos entre 3 e 5 anos já não são atendidos em horário integral. A medida, contudo, segue o fluxo de atendimento. Crianças que hoje possuem 1 ano, por exemplo, têm garantidas as vagas de ensino integral no próximo ano, ainda que as novas matrículas estejam vetadas. A medida, segundo a Secretaria Municipal de Educação, visa desobstruir o número de cadastrados à espera de vagas, que atualmente é de 37 mil, uma vez que uma vaga em horário integral estaria ocupando duas vagas em horário parcial.

Continua após a publicidade

Nas obras de adaptação nos prédios das escolas municipais serão investidos R$ 5 milhões. Atualmente, 26 escolas municipais já recebem crianças entre 3 e 5 anos.


Comments are closed.