O Corinthians acertou nesta terça-feira (5) as contratações do volante Renê Júnior e do atacante Júnior Dutra. Ambos passarão por exames médicos até quinta-feira (7) e, se aprovados, assinarão contrato para defender o clube na próxima temporada. Renê firmará vínculo válido por três anos, enquanto o atacante assinará por duas temporadas.

Ambos chegam ao clube sem custos, já que seus contratos com Bahia e Avaí, respectivamente, se encerram no dia 31 de dezembro deste ano. As negociações estavam bem encaminhadas antes mesmo do término do Campeonato Brasileiro e os últimos ajustes foram feitos em reuniões ocorridas nesta terça-feira. Renê Júnior é um sonho antigo do Corinthians, que já havia tentado sua contratação no passado, quando ele estava na China, mas as conversas não foram adiante.

O bom relacionamento do empresário de Renê, Fernando Garcia, com a diretoria do Corinthians ajudou bastante no acerto. Após fazer o último jogo pelo Bahia, no domingo, o volante já admitia que seria uma honra atuar no clube paulista, mas se esquivava sobre um possível acerto.

Continua após a publicidade

Júnior Dutra se encaixa no perfil pedido por Fábio Carille. Centroavante, experiente (29 anos), e que pode ficar como reserva imediato de Jô ou até atuar ao lado dele. A negociação com o atacante foi turbulenta. O clube chegou a desistir do negócio por causa da postura do empresário do atleta, mas abriu conversas com a família de Júnior e as coisas voltaram a evoluir

Um fato curioso envolvendo o atacante é que ele foi até o Japão acompanhar o Mundial de Clubes de 2012, quando o Corinthians derrotou o Chelsea por 1 a 0. Uma foto dele com amigos circulou na rede.

Nesta terça-feira, porém, o presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, chegou a afirmar que as negociações com o atacante estavam novamente encerradas. Após Renê Júnior e Júnior Dutra, o clube corre atrás de um lateral-esquerdo, um meia e um zagueiro.


Comments are closed.