O papa Francisco pediu nesta quarta-feira o respeito ao status quo em Jerusalém e demonstrações de “sensatez e prudência”, no momento em que o presidente dos Estados Unidos Donald Trump pretende reconhecer a Cidade Santa como capital de Israel.

“Não posso calar minha profunda preocupação com a situação criada nos últimos dias sobre Jerusalém”, declarou o pontífice durante sua audiência semanal.

“Faço um apelo desesperado para que todos se comprometam a respeitar o status quo da cidade, em conformidade às resoluções pertinentes das Nações Unidas”, completou.


Comments are closed.