Os servidores da educação fizeram um protesto na manhã desta quarta-feira (6), na Cidade Administrativa, em Vespasiano, região metropolitana de Belo Horizonte pedindo o pagamento do 13º salário. Eles bloquearam a entrada dos servidores que iam trabalhar.

“Uma das estratégias para chamar atenção e pressionar o governo do Estado pelo cumprimento dos acordos assinados com a categoria é o bloqueio de todas as entradas da Cidade Administrativa nesta manhã. Os profissionais da educação querem o pagamento do 13º salário, reajuste de 2017 do Piso Salarial, pagamento dos salários em dia e cumprimento dos acordos”, afirmou  o  Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/ MG).

Os servidores também pedem o fim do escalonamento e dos atrasos nos vencimentos mensais. Segundo o sindicato, vieram caravanas com professores de várias regiões do Estado.

Continua após a publicidade

A reportagem de O TEMPO não conseguiu resposta do governo sobre o protesto.


Comments are closed.