Um palestino morreu após ser atingido por tiros do exército israelense nesta sexta-feira na Faixa de Gaza durante manifestações contra o reconhecimento pelos Estados Unidos de Jerusalém como a capital de Israel, informou o ministério da Saúde do enclave palestino.

Mahmud al-Masri, de 30 anos, morreu a leste Khan Yunes quando protestava perto da barreira de segurança de Israel com a Faixa de Gaza.

Ele é o primeiro palestino a ser morto durante manifestações contra a decisão americana anunciada na quarta-feira.


Comments are closed.