PRF escolta caminhões-tanque em meio à greve dos transportadores

Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) fazem a escolta na noite desta sexta-feira (8) de caminhões-tanque que deixaram a Refinaria Gabriel Passos (Regap), da Petrobras, em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Os veículos devem seguir para postos de combustíveis da capital. A ação ocorre no momento em que começa a faltar gasolina e álcool em alguns estabelecimentos por causa da greve dos transportadores.

A PRF confirmou a escolta, mas não informou o número de caminhões acompanhados pelos policiais, nem o destino deles. Questionada pela reportagem, a corporação disse que os detalhes são “operacionais e estratégicos”.

A paralisação foi iniciada nessa quinta-feira (7) pelo Sindicato dos Transportadores de Combustível e Derivados de Petróleo de Minas Gerais (Sindtanque). Procurada pela reportagem, a associação informou, por meio do presidente Irani Gomes, que ainda não tem informações sobre possíveis dissidentes da greve.

A falta de estoque de combustíveis em BH e na região metropolitana foi confirmada pelo Minaspetro, entidade que representa os comerciantes do varejo dos derivados do petróleo.

O sindicato relatou que alguns postos já estão sem funcionamento.

No bairro Cidade Industrial, em Contagem, um posto da Shell colocou correntes para impedir a entrada de clientes, uma vez que não há combustível nas bombas. Em outros estabelecimentos, consumidores tiveram que enfrentar grandes filas para poder abastecer.

Fiéis celebram dia de Nossa Senhora Imaculada Conceição em BH

Acidente com morte e óleo espalhado na pista fecham a BR-381