Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) fazem a escolta na noite desta sexta-feira (8) de caminhões-tanque que deixaram a Refinaria Gabriel Passos (Regap), da Petrobras, em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Os veículos devem seguir para postos de combustíveis da capital. A ação ocorre no momento em que começa a faltar gasolina e álcool em alguns estabelecimentos por causa da greve dos transportadores.

A PRF confirmou a escolta, mas não informou o número de caminhões acompanhados pelos policiais, nem o destino deles. Questionada pela reportagem, a corporação disse que os detalhes são “operacionais e estratégicos”.

Continua após a publicidade

A paralisação foi iniciada nessa quinta-feira (7) pelo Sindicato dos Transportadores de Combustível e Derivados de Petróleo de Minas Gerais (Sindtanque). Procurada pela reportagem, a associação informou, por meio do presidente Irani Gomes, que ainda não tem informações sobre possíveis dissidentes da greve.

A falta de estoque de combustíveis em BH e na região metropolitana foi confirmada pelo Minaspetro, entidade que representa os comerciantes do varejo dos derivados do petróleo.

O sindicato relatou que alguns postos já estão sem funcionamento.

No bairro Cidade Industrial, em Contagem, um posto da Shell colocou correntes para impedir a entrada de clientes, uma vez que não há combustível nas bombas. Em outros estabelecimentos, consumidores tiveram que enfrentar grandes filas para poder abastecer.


Comments are closed.