Uma dívida de droga custou a vida de um homem de 49 anos, conhecido pelo apelido “Cartaz”. Ele foi morto com três tiros na madrugada deste domingo (10), no bairro Novo Eldorado, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, possivelmente por dois homens que minutos antes invadiram a casa da mãe dele para cobrar R$ 30 da vítima. O crime aconteceu em um beco que liga as ruas Doutor João Augusto da Fonseca e Silva e Cambará.

Parentes da vítima disseram à polícia que o homem era usuário de drogas e cometia pequenos furtos para alimentar o vício. Há dois meses, ele foi agredido por um traficante conhecido por Dual, que atualmente está preso, também por causa de dívida.

Por volta das 3h15 da madrugada, dois homens chegaram em uma moto na casa onde a vítima morava com a mãe e pularam o muro. Eles entraram na casa e disseram à mulher que iriam receber os R$ 30 da dívida de qualquer jeito. Os homens foram embora e o crime aconteceu logo em seguida, quando a vítima voltava de uma festa de aniversário e atravessava o beco a caminho da sua casa.

Continua após a publicidade

Uma amiga da família contou que o homem estava em uma festa de aniversário, na casa dela, e saiu por volta de 1h. “O namorado da minha filha saiu da festa às 3h30 e encontrou o homem caído no beco, com dois tiros nos braços e um nas costas”, contou a mulher.

A família está assustada e não quis comentar o crime. “Ele estava envolvido com drogas. Envolvido com muita coisa”, comentou um primo. Na casa dele, a polícia encontrou algumas pedras de crack, um pino de cocaína e um celular.

A mãe, segundo o primo, está em estado de choque e com medo dos traficantes. A vítima não era casada e deixou um filho de 22 anos. Segundo informações passadas à polícia, um traficante de Juatuba, na Grande BH, que vende drogas no Novo Eldorado, estaria envolvido no crime. A 7ª Delegacia de Homicídio de Contagem vai apurar o homicídio.


Comments are closed.