Um homem foi baleado nesta segunda-feira (11) após tentar atropelar um policial em Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte. O episódio teria ocorrido logo após o homem assaltar uma relojoaria no bairro São João Batista, também na cidade. Com mais dois comparsas, o suspeito de 30 anos que acabou ferido teria roubado 60 relógios de marcas variadas, celulares e pulseiras do estabelecimento comercial. Os três assaltantes fugiram em um veículo Palio cinza clonado.

Segundo a Polícia Militar, os homens abordaram os proprietários da loja com armas de fogo. Os empresários anotaram a placa do veículo e a repassaram aos oficiais que, ao fazerem o rastreamento, encontraram o mesmo modelo de carro no bairro Santa Mônica, em Belo Horizonte. Ao constatarem que o motor estava frio, a suspeita da clonagem foi levantada, sendo confirmada horas depois pela perícia.

Os militares fizeram uma ronda pelas áreas conhecidas por serem regiões de residência de criminosos em Santa Luzia. O carro clonado foi localizado na casa de um dos assaltantes, na rua Rio Vermelho, no bairro Córrego das Calçadas. Em seguida, uma picape Saveiro chegou ao local para buscar o dono da casa e foi abordada pelos policiais. O motorista do veículo, então, tentou atropelar os militares, sendo baleado no braço esquerdo e fugindo em seguida.

Continua após a publicidade

Segundo moradores da região, o homem baleado teria pulado muros de várias casas do bairro. Uma senhora acionou a polícia informando que ele estaria no quintal da sua residência. O assaltante foi encontrado deitado em um lote tentando se esconder. Ele chegou a ser socorrido para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do bairro São Benedito e foi transferido para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, onde aguarda por cirurgia.

Dentro do veículo clonado foram encontrados a réplica de uma arma de fogo e caixas de porta-relógio.


Comments are closed.