O suspeito de cometer assaltos em série durante o mês de novembro em diferentes pontos de Juiz de Fora, na Zona da Mata, foi apresentado pela Polícia Civil nesta terça-feira (12).

Lucas Francisco da Silva, de 21 anos, é apontado pelas investigações como o autor de seis roubos na cidade em apenas cinco dias. Segundo a corporação, ele teria feito pelo menos 16 vítimas. Para isso, o suspeito contou com a ajuda de um comparsa, que seria primo dele.

Em todos os casos, conforme relata a Polícia Civil, o suspeito estava em uma motocicleta e carregava uma arma de fogo para abordar as vítimas. Ele teria, inclusive, tentado matar policiais militares ao ser abordado depois de um assalto a uma residência na zona sul de Juiz de Fora.

Continua após a publicidade

Os crimes

A corporação explicou que a série de crimes começou no dia 3 de novembro, uma sexta-feira, no bairro Bom Pastor, onde Silva roubou a motocicleta utilizada nos demais assaltos. Naquela ocasião, ele fez duas vítimas.

Dois dias depois, num domingo, ele cometeu três assaltos. O primeiro foi em um posto de combustíveis no centro de Juiz de Fora, com três vítimas. No segundo, ele roubou duas pessoas que estavam dentro de um carro estacionado. O bairro onde aconteceu esse crime não foi informado pela Polícia Civil. No terceiro e último crime no mesmo dia, ele abordou um motociclista no bairro Costa Carvalho.

Na segunda-feira, dia 6 de novembro, Silva continuou a série de crimes. Naquele dia, ele roubou cinco pedestres na zona sul do município. Para fechar a sequência, na terça, o suspeito assaltou uma casa, também na zona sul, onde fez três vítimas, mas foi surpreendido com a chegada da Polícia Militar (PM). Durante a fuga, com troca de tiros, ele conseguiu escapar, mas o comparsa foi atingido por um tiro e morreu. A identidade dele não foi divulgada.

A prisão

Lucas Francisco da Silva foi identificado graças a uma câmera de segurança que registrou o assalto no posto de combustíveis. As demais vítimas também reconheceram o suspeito. O dia da prisão e o local onde ele foi encontrado não foram divulgados. Ele foi encaminhado ao Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) em Juiz de Fora.


Comments are closed.