Uma mulher de 44 anos foi assassinada com facadas e tiros pelo marido, que depois se matou, na manhã desta quarta-feira (13), em Nova Serrana, no Centro-Oeste de Minas. O suspeito de 60 anos já tinha dito para uma filha que quando completasse a idade que tem agora ele cometeria um homicídio e se mataria.

No entanto, segundo a filha relatou aos militares, ele nunca disse o motivo pelo qual faria isso. O crime ocorreu na casa do casal. Vizinhos escutaram os barulhos de tiros  acionaram a polícia. Quando os militares chegaram no local, o casal já estava morto.

A perícia da Polícia Civil constatou que a vítima levou quatro tiros no tórax e uma facada no pescoço. O homem também atirou contra ele mesmo. Os corpos foram removidos para o Instituto Médico-Legal (IML).


Comments are closed.