Homem foi agredido por familiares da vítima

UBERLÂNDIA, MINAS GERAIS – Um homem foi conduzido à delegacia de Uberlândia para prestar depoimento acerca de uma denúncia de estupro tentado no Bairro Carajás, na tarde desta terça-feira, 12. Francisco Gonçalves dos Santos, de 36 anos, alega inocência.

A suposta vítima o acusa de tentar derrubá-la da bicicleta e tentar arrastá-la para o mato. O fato teria acontecido na Rua Porangaba, entre os Bairros Carajás e Lagoinha. O suspeito acabou sendo agredido pelos parentes e amigos da vítima.

Francisco disse que tem costume de ficar no terreno baldio onde a mulher passa frequentemente, mas nega ter sequer encostado nela. Ele contou que, nesta tarde, ela passou de bicicleta e ele estava debaixo de um pé de manga após colher alguns frutos. Logo depois o marido da moça chegou com dois homens e eles o agrediram com socos e chutes, alegando que Francisco tentou estuprar a vítima.

Continua após a publicidade

Sem explicar claramente, Francisco disse que quando morava na casa da avó de uma “menina”, em São Paulo, ele também foi agredido sob a mesma acusação. Ele veio morar na casa da irmã em Uberlândia.

Informações de Carlos Vilela


Comments are closed.