Um bandido matou, com um tiro na cabeça, um cão de guarda durante um roubo a uma fábrica de telhas ecológicas na BR-040, em Juiz de Fora, na Zona da Mata de Minas Gerais. O crime ocorreu por volta de 6h da manhã desta quinta-feira (14). De acordo com a Polícia Militar, o homem pulou o muro da empresa, mas foi surpreendido pelo vigia, de 47 anos, que fazia ronda com seu cão de guarda, um pastor alemão.

Segundo a polícia, o criminoso queria roubar um fio de cobre no pátio da empresa. O vigia soltou o cachorro como orientado nesse tipo de situação. O suspeito pediu para que o homem prendesse o animal, mas ele o manteve solto. O homem então atirou contra o vigilante e contra o cachorro, que foi atingido na cabeça e acabou morrendo.

O cão chegou a ser socorrido para o veterinário, mas não resistiu e acabou morrendo. O criminoso fugiu da empresa sem levar nada. A Polícia  Civil vai investigar o caso.

Continua após a publicidade

Em agosto deste ano, um outro cão de guarda também foi baleado durante um assalto a uma loja de eletrônicos em Juiz de Fora. O animal foi atingido nas costas depois de tentar defender o vigia do local, rendido por criminosos. Apesar do ferimento, o cão sobreviveu.

 


Comments are closed.