Seis homens que pretendiam explodir caixas eletrônicos na cidade de Santa Juliana, no Triângulo Mineiro, foram presos na manhã desta quinta-feira (14). Os suspeitos vigiavam o quartel da Polícia Militar, tinham três carros para cometer o crime e usavam uma residência para guardar armas e explosivos.

A ação dos criminosos foi descoberta por volta de 1h30 quando os policiais estranharam um homem que dormia perto do quartel. Os militares perceberam que ele estava monitorando o serviço dos policiais e passando informações para outros suspeitos. Os criminosos pretendiam explodir caixas eletrônicos da cidade naquela noite.

A polícia descobriu que, além do homem, outras cinco pessoas que participariam do crime. Três suspeitos estavam dentro de três carros uma caminhonete S10 de cor prata, um corsa preto e também num Pegeout preto. Eles aguardavam o sinal do homem que vigiava o quartel para cometer o crime.

Continua após a publicidade

Os militares de Santa Juliana pediram apoio dos militares de Perdizes, Uberaba e Patrocínio e montaram um cerco para conseguir prender os suspeitos. Por volta das 02h30 os policiais abordaram o Corsa preto, ocupado por dois bandidos que estavam com dois rádios frequência da polícia. Um dos suspeitos apresentou documentação falsa, e foi descoberto que ele era foragido da Justiça de Guarulhos (SP) pelo crime de homicídio.

Depois em um Peugeot preto, foi preso mais um criminoso. Com as diligências a polícia chegou até o distrito de Almeida Campos, zona rural de Nova Ponte,onde foi encontrada uma casa que servia de esconderijo para a quadrilha. Na residência também foram localizadas uma espoleta e também vestígios de pólvora.

Pela manhã, por volta de 11 horas da manhã, mais dois suspeitos foram encontrados caminhando por uma estrada da região. Eles confessaram que cometeriam o crime e apontaram para os militares onde estavam escondidos os explosivos. Foram apreendidos também miguelitos, três revólveres calibre .38, um revólver calibre 357 e uma pistola calibre 9 milímetros.


Comments are closed.