Após anunciar o pagamento do 13° salário, em duas parcelas, para os agentes de segurança pública, o Governo do Estado ainda não tem previsão de quando e como acontecerá o pagamento do benefício para o restante dos servidores. Para os policiais civis e militares, agentes penitenciários e bombeiros, o depósito será feito nos 26 de dezembro e 19 de janeiro. 

Por meio de nota, o governo do Estado afirmou que a captação dos recursos para o pagamento do 13º salário dos servidores estaduais depende da tramitação de projetos de lei na Câmara dos Deputados em Brasilia, em especial, o projeto que autoriza a venda da dívida ativa no mercado financeiro.

“O governo segue mobilizando esforços para assegurar o pagamento a todos os trabalhadores. O governador Fernando Pimentel tem ido pessoalmente a Brasília com o objetivo de acelerar a tramitação de projetos de lei que possibilitarão ao Estado captar recursos para o pagamento do 13º salário. Deputados da bancada federal de Minas Gerais estão sendo mobilizados pelo governador para marcarem presença na votação do projeto, prevista para a próxima semana”, afirma nota. 

Continua após a publicidade

Manifestação.  Mais cedo, no início da tarde, mesmo após o anúncio do pagamento do 13º, agentes de segurança pública fizeram uma manifestação, na tarde desta sexta, na Praça Sete, no centro de Belo Horizonte. Cerca de cem pessoas participaram do ato segundo o Centro de Operações as Prefeitura (COP). 

 


Comments are closed.