A vitória do Brasil sobre a Argentina por 38 a 0 no Mineirão, em amistoso disputado na tarde desse sábado, pode ter sido o primeiro passo para a realização de mais um sonho da Confederação Brasileira de Futebol Americano e da Brasil FA, organizadora da principal Liga do país. Em entrevista ao Blog First Down e à rádio Super Notícia FM, o diretor Bruno Guilherme afirmou que o Brasil enviou sua candidatura à IFAF (International Federation of American Football, ‘Federação Internacional de Futebol Americano’, em português) para sediar o próximo Campeonato Mundial, marcado para 2019.

“Enviamos nossa candidatura recentemente para sediar o Mundial de 2019, e agora aguardamos a resposta da Federação. Foi um sonho poder realizar um jogo da seleção em um estádio como o Mineirão, arena de Copa do Mundo, e esperamos que esse seja só o primeiro passo de muitas novidades para o futebol americano. O cenário não poderia ser melhor após um 2017 maravilhoso”, disse Bruno Guilherme, diretor da Brasil FA.

A última edição do Mundial foi disputada em 2015, em Canton, no estado norte-americano de Ohio, o berço da bola oval e local onde foi criada a NFL, a milionária liga dos EUA. Outros quatro Mundiais foram disputados: Itália 1999, Alemanha 2003, Japão 2007, e Áustria 2011.

Continua após a publicidade

Para a edição de 2019, a IFAF planeja a expansão do formato do torneio, passando de oito seleções para 12. As equipes seriam divididas em quatro grupos de três. Desde que foi autorizado a disputar o Mundial, os Estados Unidos dominam a competição mesmo não podendo enviar seus jogadores considerados de elite. São três títulos contra dois do Japão.

O Brasil, terceiro maior consumidor do futebol americano no mundo atrás de Estados Unidos e do México, disputou seu primeiro Mundial em 2015 e terminou na sétima posição.


Comments are closed.