Um desvio de energia, popularmente conhecido como “gato”, foi identificado na academia Pratto Fitness, no bairro Cachoeirinha, região Noroeste de Belo Horizonte. A Companhia de Energia de Minas Gerais (Cemig)  identificou o problema na manhã desta quinta-feira (21). A assessoria de imprensa da academia informou que antes da academia o local era um galpão e o “gato” foi feito pelos donos desse galpão.

“Toda a ligação estrutural da academia foi feita pelo antigo inquilino. A academia, desde que se instalou, só fez a mudança estética. Nós não somos proprietários do galpão”, explicou o dono da academia, o advogado Mauro Lopes. A academia tem como parceiros comerciais os jogadores Lucas Pratto e Leo Silva, no entanto o advogado ressalta que a academia não pertence aos jogadores.

De acordo com a assessoria de imprensa da Cemig, a academia já era monitorada desde o último dia 31 de agosto quando foi descoberta uma fraude na medição. Era uma fraude dentro do relógio de medição, que foi regularizada pela Cemig, no entanto, nesta quinta-feira (21) uma nova inspeção foi feita e foi descoberto o “gato”.

Continua após a publicidade

A Polícia Militar foi acionada e, segundo a Cemig, um boletim de ocorrência foi registrado, no entanto, segundo o advogado, ele ainda não foi contactado pela polícia.


Comments are closed.