O Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic) publicou nesta quinta-feira (21) portaria distribuindo as cotas anuais de exportação de veículos sem pagamento de tributos para a Colômbia. Nesta quarta-feira, 20, entrou em vigor acordo comercial assinado em junho entre o Mercosul e a Colômbia que prevê, entre outros pontos, a venda de veículos entre os países com isenção de Imposto de Importação, respeitando cota que chegará a 50 mil veículos em 2019.

De acordo com a portaria, a cota referente ao ano de 2017 é de 9 mil unidades para veículos com Valor de Conteúdo Regional (VCE) de 50% e 3 mil unidades para os de VCR de 35%.

Para 2018, a cota total é de 25 mil carros, sendo 20 mil unidades com VCR de 50% e de 5 mil com VCR de 35%. O total será dividido entre as empresas de acordo com critérios que levam em consideração, por exemplo, as exportações realizadas por cada montadora nos últimos seis anos.

Continua após a publicidade

Por esses critérios, as companhias com maior cota no ano que vem serão Volkswagen, com 5.424 unidades, Ford, com 3.237 e Renault, com 2.660. Haverá ainda uma reserva técnica de 1.250 unidades para novos exportadores.


Comments are closed.