Dois dias depois de uma ação da Polícia Militar Rodoviária (PMRv) no Anel Rodoviário de Belo Horizonte, para encontrar irregularidades em veículos de carga e evitar acidentes na rodovia que corta a capital, um caminhão Chevrolet D-60, fabricado em 1977, e que estava com os pneus carecas, quebrou o eixou dianteiro, arremessou uma roda a vários metros de distância e quase provocou uma tragédia, na manhã desta quinta-feira (21).

O caminhão ficou descontrolado, bateu na mureta de concreto central e derrubou um poste de iluminação. A frente do veículo ficou destruída e o motorista, Antônio Geraldo Mangelli, de 77 anos, ficou preso às ferragens e os bombeiros usaram um desencarcerador no resgate.

A roda que soltou do caminhão atravessou a pista contrária, bateu no teto de um Ford Ka que trafegava na outra direção e foi parar no acostamento do outro lado. O motorista do automóvel não sofreu nada. O trânsito ficou congestionado nos dois sentidos durante várias horas, provocando engarrafamentos quilométricos.


Comments are closed.