A Polícia Federal (PF) de Juiz de Fora, na zona da Mata, deflagrou, na manhã desta quinta-feira (21), a operação “Falco Peregrinus” que tem o intuito de desarticular e prender uma quadrilha especializada  em roubos contra a empresa dos Correios e suas agências.

De acordo com a PF, a operação conta com o apoio da Polícia Militar e as investigações começaram depois da instauração de um inquérito para investigar um roubo a mão armada em uma agência dos Correios da cidade de Senhora dos Remédios, na região da Zona da Mata, em março deste ano.

Estão sendo cumpridos 17 mandados judiciais de prisão preventiva e 26 de busca e apreensão nos municípios de Ervália, e Viçosa, ambas na Zona da Mata. Participam da operação 94 policiais federais e dezenas de policiais militares, além de grupos táticos especializados, viaturas e grupamento aéreo militar.

Continua após a publicidade

Os roubos deram um prejuízo de cerca de R$ 3 milhões e setecentos mil. As investigações continuam com o intuito de recuperar objetos roubados,  apreender drogas e armas, realizar exames periciais, coletar novas evidências e esclarecer outros fatos criminosos correlacionados.

Se forem condenados, a pena de alguns indiciados poderá superar os 30 anos de reclusão. Contra os investigados há ainda indícios de de que eles tenham cometido crimes como homicídio, porte ilegal de armas de fogo, de uso restrito, tráfico de drogas e associação criminosa correlata. Mias detalhes da operação serão repassados às 15h desta quinta-feira. 


Comments are closed.