A entrega dos presentes e a confraternização familiar natalina terão que ser substituídas pelo luto e pela busca de forças para superar uma tragédia por famílias vítimas de dois acidentes que ocorreram neste sábado (23) na região Norte de Minas, na mesma rodovia, a MG–122, mataram ao menos 11 pessoas, sendo cinco de uma mesma família.

No primeiro deles, uma caminhonete com placa de Campinas seguia, por volta das 8h, no sentido de Janaúba quando perdeu o controle ao tentar fazer uma ultrapassagem. O veículo saiu da pista e bateu contra uma árvore, às margens da rodovia. No carro estavam o motorista, de 44 anos, duas mulheres, uma de 68 e outra de 39 anos, um jovem sem identificação e uma criança de 9. Segundo a Polícia Militar, eram um casal, dois filhos e a avó das crianças.

O motorista, a idosa e o jovem tiveram a morte confirmada no local. A mulher de 39 anos foi socorrida, mas faleceu a caminho do hospital. Já a criança de 9 anos chegou a dar entrada na Santa Casa de Montes Claros. Ela apresentava um quadro de múltiplas fraturas nos membros e traumatismo craniano. A criança também não resistiu e morreu no hospital.

Continua após a publicidade

Mais tarde, às 16h, uma colisão entre um ônibus, um caminhão e um carro também na MG–122 deixou ao menos seis mortos entre Porteirinha e Mato Verde, na mesma região. Testemunhas disseram aos bombeiros que a batida aconteceu após uma caminhonete ultrapassar um caminhão e bater na lateral do veículo. Segundo os relatos, o motorista do caminhão invadiu a pista oposta, batendo em um ônibus. Com a colisão, houve um incêndio que atingiu o ônibus e o caminhão. Seis pessoas morreram carbonizadas, e 19 ficaram feridas.


Comments are closed.