Papai Noel e até um Michael Jackson brasileiro fizeram a alegria de pequenos e adultos na feira Hippie de Belo Horizonte. Na manhã deste domingo e início da tarde, além das compras de última hora para o Natal, quem visitou as barracas tinha só sorrisos.

Como o da pequena Laura Maria Damasceno, de 5 anos.  Ela foi a feira com o primo tentar vender um filhote de cachorro, mas pelo amor ao bichinho, a venda não deve se concretizar neste domingo. “Ela não quer soltar o cachorrinho e já deu o grito: esse, é meu”, disse Paulo Henrique Damasceno, 30, proprietário de um hotel para cachorros.

Ao lado do Papai Noel do “pólo Norte de Minas”, seu Francisco “Noel” fez questão de enfatizar  que hoje era dia de distribuir balas e sorrisos. “Há oito anos trabalho de papai Noel”, frisou. Ele vem todos os anos diretamente do interior de Minas para a feira.

Continua após a publicidade

Carregadas de sacolas as amigas Maria Lúcia, 58, e Ester Nunes, 62, chegaram às 9h, à feira, e cerca de quatro horas depois já tinham finalizado à lista de Natal.

Juntas, na barraca de dona Mariza Viana, elas olhavam chinelos. “Foi ótimo vir cedo e comprar tudo rápido”, disse Ester.

Na barraca de Jussara Sampaio e Ana Beatriz Turbante o clima é de descontração total. “Já vi a feira mais cheia, mas não tem problema. Hoje é dia de alegria”, disse Jussara.

Dança

Próximo a esquina de João Pinheiro com Afonso pena, um Michael Jackson natalino colocava todo mundo para dançar. Quem chegava logo acompanhava os passinhos.

Assista ao vídeo:


Comments are closed.