Após cinco dias do desaparecimento de sua filha e ainda sem receber qualquer notícia de seu paradeiro, o vendedor ambulante Jorge Luis da Silva, de 55 anos, conhecido como “Jorjão do Milhão”, resolveu procurar a reportagem de O TEMPO para tentar buscar notícias sobre a jovem Mariana Ferreira da Silva, de 21, que saiu de casa no último domingo (24) e não voltou para casa. 

A mulher, que trabalha em um salão de beleza no bairro Eldorado, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, vive com a família no bairro Inconfidentes, na mesma cidade. “No dia 24 ela saiu de casa por volta das 8h e só falou ‘bença’, dizendo que ia trabalhar. Desse dia para cá não temos mais notícia dela. Fui no salão e falaram que ela não apareceu para trabalhar. Depois já passamos a procurar nos hospitais, mas ela não entrou em nenhum deles. Só não fui no IML. Ela nunca tinha feito isso antes”, conta, desesperado, o senhor. 

Jorjão disse ainda que a filha tinha um namoro que não era aprovado pela família. “Quando ela chegou com ele lá em casa, eu manjei ele e vi que não dava para entrar na família e dispensei ele. Ela não é menina de namorar ainda, porque não tem juízo. Primeiro tem que formar, trabalhar, para ter um bom futuro”, argumenta o pai. 

FOTO: MARIELA GUIMARÃES / O TEMPO
DESAPARECIDA
Mariana está sumida desde o dia 24 de dezembro
Continua após a publicidade

Ele pede ajuda da população para ter pelo menos uma notícia da filha. “A gente se sente assim né, quando você olha para dentro de casa, vê os filhos e não vê ela. Pelo mundo que estamos hoje, a gente não pode confiar em nada, só em Jesus, que morreu na cruz para nos salvar. Mas temos que contar com a ajuda do povo, para nos comunica sobre onde ela estiver, para a gente ficar com a cabeça mais tranquila, pois quem é pai de família sofre”, pede Jorjão. 

Quem tiver mais informações sobre o paradeiro de Mariana pode entrar em contato pelos telefones (31) 9 7360-4648 (Glauciana) ou 9 7515-1721 (Jonas). 


Comments are closed.