Em uma votação apertada, desempatada apenas pelo presidente da Câmara Municipal, José Geraldo Guedes (DEM), os vereadores de Nova Lima, na região metropolitana de Belo Horizonte, aprovaram nesta sexta-feira (29) o aumento no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) da cidade.

A população fez protestos em frente à Casa durante a votação, que aprovou as alterações na última reunião plenária do ano. Se as mudanças não fossem votadas nesta sexta, o aumento do imposto valeria somente para o ano de 2019. 

A medida é considerada pela Prefeitura de Nova Lima como fundamental para corrigir distorções na cobrança do IPTU e, assim, aumentar as receitas da cidade neste momento de crise financeira. 

Continua após a publicidade

Em alguns casos, haverá aumento de até 500% para imóveis de alto padrão, localizados nas partes mais nobres do município que, de acordo com a Prefeitura, não tinham os reajustes devidos há anos.

Entre os bairros considerados “de luxo”, está o Jardim Canadá, que levou o maior número de manifestantes à frente da Câmara. Eles acusam o Executivo de praticar um reajuste abusivo.


Comments are closed.