A população da região metropolitana de Belo Horizonte deve ficar atenta para a possibilidade de chuvas fortes neste sábado (30). A Defesa Civil da capital mineira emitiu um alerta para deixar a população em alerta. 

Segundo o órgão, as áreas de instabilidade atmosféricas podem provocar entre 20 a 40 mm de chuva que virão acompanhadas de raios e rajadas de vento de até 50 km/h. O alerta é válido até as 8h da manhã de domingo (31). 

A previsão do tempo para este, que é o último fim de semana de 2017, é de muita chuva, segundo o instituto Tempo Clima PUC Minas. A temperatura mínima registrada nesta madrugada foi de 19ºC, enquanto a máxima prevista para o período da tarde é de 30ºC. A umidade relativa do ar ficará em torno de 55%. A previsão é de pelo menos 23 mm de chuva neste sábado.

Continua após a publicidade

A previsão de pancadas de chuva a qualquer hora do dia para este fim de semana não é apenas para a grande BH, mas sim para a maior parte do Estado. “Haverá mais chances de chuva, inclusive no decorrer dos dias 31 e 1º. Portanto as pessoas podem esperar bastante chuva na virada do ano”, apontou o meteorologista Heriberto dos Anjos.

Somente no extremo Norte e Nordeste do Estado os meteorologistas preveem tempo estável com temperaturas elevadas. Mas na maior parte de Minas, com o aumento das chuvas, as altas temperaturas sofrerão um ligeiro declínio, com a máxima ficando em torno de 30ºC.

Em Belo Horizonte, somente uma das nove regionais não ultrapassou a média de chuva prevista para o mês de dezembro, que é de 319,4 mm. A região com maior precipitação acumulada foi a Oeste, com 440,8 mm, o que representa 138% da média esperada. Em seguida vem a Noroeste, com 425,6 mm (133%) e a regional Barreiro, com 412 mm (129%).

 

Destinos dos mineiros

Neste ano novo, os mineiros que viajaram deverão enfrentar tempo instável em seus principais destinos. “No litoral de São Paulo e Rio de Janeiro, além de boa parte de Minas, tempos tempo bastante instável. Portanto é possível que os viajantes enfrentem chuvas, a não ser aqueles que foram para o Espírito Santo, onde a tendência é de mais sol”, completou Heriberto dos Anjos, do Instituto Tempo Clima PUC Minas.

No litoral capixaba e no Sul da Bahia, só haverá mais chances de chuvas a partir dos primeiros dias de 2018.


Comments are closed.