A Polícia Civil de Minas Gerais prendeu, temporariamente, nesta quinta-feira (4), o ex-diretor geral do presídio de São Sebastião do Paraíso, no Sul de Minas, Rodrigues Junqueira Costa.  O inquérito policial foi instaurado para apurar a localização de drogas e um aparelho de telefone celular nos pertences de uma agente penitenciária em setembro de 2017. Foi apurado que o então diretor teria autorizado uma visita íntima irregular de uma adolescente a um detento. Ambos estão sendo indiciados por corrupção.

Após os fatos, foi localizada por agentes penitenciários nos armários do ex-diretor a caixa do aparelho celular localizado nos pertences da agente prisional. As investigações levaram ao indiciamento do suspeito por denunciação caluniosa, corrupção, tráfico de drogas e fraude processual.

Magazine Brasil Líbano Dia dos Pais

A polícia constatou, ainda, que as imagens do sistema interno de segurança foram manipuladas, e as imagens dos momentos anteriores à localização da droga foram apagadas. Apurou-se também o envolvimento da ex- diretora adjunta na manipulação das imagens. Ela foi indiciada pelo crime de fraude processual e coação no curso do processo, já que teria coagido uma testemunha que prestou depoimento durante as investigações.

Com assessoria de imprensa da Polícia Civil 

CCAA Capinópolis
Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis
Ouça o podcast do Tudo Em Dia:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui