A falta de pessoal e o congestionamento que impediram a chegada dos veículos que atuaram na retirada da carga e limpeza da pista, foram as justificativas da TransCon para a demora de mais de cinco horas na liberação do trânsito na trincheira da Cemig, na Cidade Industrial, em Contagem, na manhã desta quinta-feira (4).

O derramamento de uma carga de cimento no início da manhã causou reflexos que atingiram até o Anel Rodoviário e a BR-040, na altura do bairro Camargos, na região Noroeste de Belo Horizonte

De acordo com a empresa que administra o trânsito em Contagem, o acidente aconteceu por volta das 6h30 na trincheira, que fica na avenida Cardeal Eugênio Pacelli, e que só teve as pistas totalmente liberadas por volta das 11h45.

Continua após a publicidade

No acidente, somente a carga caiu do veículo, não atingindo nenhum outro veículo. Ninguém ficou ferido.

Problemas

Entre os problemas enfrentados na liberação da pista, estava o fato do turno do pessoal da limpeza urbana só ter início às 8h.

Além disso, com o caos gerado no trânsito, o caminhão para onde a carga seria transplantada e o caminhão pipa que seria usado na lavagem da pista demoraram para chegar ao local. 

FOTO: UARLEN VALÉRIO / O TEMPO
CARGA DERRAMADA TRINCHEIRA
Voluntários auxiliaram na remoção na carga

Ajuda de voluntários

Com apenas cinco funcionários da empresa carregando os sacos de cimento, algumas pessoas que passavam pela via acabaram se oferecendo como voluntários para a retirada da carga derramada.

Da empresa que transportava o cimento, a única pessoa que auxiliou nos trabalhos foi o motorista. Os servidores da limpeza e alguns funcionários do Dnit também auxiliaram nos trabalhos. 

Atualizada às 12h26


Comments are closed.