O Centro de Saúde Paraíso, na região Leste de Belo Horizonte, foi arrombado na madrugada desta sexta-feira (5). Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, nada foi levado do imóvel.

De acordo com a Polícia Militar, a corporação foi acionado na parte da manhã, quando uma funcionária chegou para trabalhar e encontrou a porta principal que dá acesso à parte interna do centro com sinais de arrombamento. No chão havia uma espécie de alavanca que foi usada para cometer o crime.

Segundo uma funcionária, que não quis se identificar, a unidade estaria abandonada. “A unidade não tem vigia, não tem guarda municipal fixa. Só a da ronda. Não temos segurança. Se o usuário é atendido, ele sai satisfeito. Se não é, ele parte para a agressão. Pela falta de segurança, a gente sai até mais cedo”, disse a mulher.

Continua após a publicidade

No entanto, por meio de nota, a secretaria afirmou que os centros de saúde da capital contam com monitoramento eletrônico de segurança e sensores de presença quando não há o funcionamento da unidade, sob a responsabilidade da empresa contratada pela Secretaria Municipal de Saúde para esta finalidade.

Além disso, a Guarda Municipal faz a segurança por meio de presença física ou rondas no entorno da unidade. A instituição também adota uma estratégia de atuação em unidades de saúde definida com base na incidência de criminalidade na área onde cada equipamento está instalado e também por meio da indicação de prioridades por parte da Secretaria Municipal de Saúde.

Em relação ao arrombamento do Centro de Saúde Paraíso, apesar de não ter sido constatado nenhum furto, como a farmácia foi revirada, como medida de precaução, esse setor ficará fechado para inventário, com previsão de reabertura e pleno atendimento na próxima segunda-feira (8).

A unidade foi aberta no meio da manhã dessa sexta, após liberação da perícia, e o atendimento aos pacientes mantido.


Comments are closed.