Dois assaltantes foram presos na manhã deste sábado (6) depois que roubaram R$ 35 de uma padaria para comprar cerveja e fazer programa com travestis, no bairro Carlos Prates, na região Noroeste de Belo Horizonte. Homero Lopes Teixeira e Carlos Henrique Machado estavam na casa dos travestis, mantendo relações, quando foram surpreendidos com a chegada dos policiais.

Por volta das 7h, a dupla havia tentado assaltar um posto de combustível no bairro Jardim Montanhês, na mesma região, mas os frentistas perceberam que a pistola calibre 380 usada por eles era falsa e os dois fugiram.

Os frentistas anotaram as letras da placa do veículo Peugeot, de cor prata, usado pela dupla. A Polícia Militar (PM) foi acionada e conseguiu localizar o veículo por volta das 9h, estacionado na rua Areado, no Carlos Prates. Operários de uma obra viram quando Homero e Carlos Henrique entraram na casa dos travestis e passaram as características físicas deles para os militares, que já tinham os dados passados pelos frentistas.

Continua após a publicidade

O morador da casa permitiu a entrada dos policiais e Homero e Carlos Henrique estavam em quartos diferentes, mantendo relações sexuais. Eles perceberam a chegada dos PMs e foram flagrados vestindo as calças.

De acordo com o subtenente Deusdedit dos Santos Júnior, não havia queixa de roubo ou furto contra o Pegeout usado pela dupla. O carro pertence à mãe de um dos presos e foi apreendido por ter sido usado na prática de crime. Carlos Henrique já tem passagens pela polícia por uso de drogas.

Os ladrões foram reconhecidos pelos funcionários do posto e também pelas vítimas da padaria. Os dois foram atuados por roubo na Central de Flagrantes 3 (Ceflan), do bairro Alípio de Melo. 


Comments are closed.