Mais uma morte por febre amarela foi confirmada em Nova Lima, na tarde desta quinta-feira (11). A cidade já tem três mortes pela doença. Exames da Fundação Ezequiel dias confirmaram que o morador do bairro Galo, de 60 anos, que morreu no último dia 05 de janeiro, também foi confirmado por Febre Amarela. No Estado, essa é a sétima morte pela doença

“Ou seja, Nova Lima soma 03 óbitos confirmados por Febre Amarela, um óbito sob suspeita e um paciente internado confirmado com a doença. As investigações estão sendo realizadas de acordo com o protocolo de Febre Hemorrágica, que pode diagnosticar doenças como Dengue, Febre Amarela, Hantavírus, Febre Maculosa, Leptospirose e Hepatite A”, informou a prefeitura por nota.

Outras mortes

Continua após a publicidade

Nova Lima já tinha registrado outras duas mortes pela doença. Um homem de 46 anos, morador do bairro Santa Rita, que morreu no último domingo e um outro homem também de 46 anos, residente em São Paulo, que passou as férias de fim de ano na cidade mineira.
Em Barra Longa e Mar de Espanha, ambas na Zona da Mata, dois homens com idades entre 33 e 51 anos.

Houve óbitos por febre amarela também nos municípios de Carmo da Mata, na região Centro-Oeste de Minas, e Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Além dos seis óbitos, um caso de febre amarela confirmado em Brumadinho teve cura. Com isso, a letalidade da doença em Minas Gerais, no período de monitoramento 2017/2018, iniciado em julho do ano passado, é de aproximadamente 85,7%.

Morte em investigação
Em Nova Lima há ainda um caso de morte com suspeita da doença em investigação. Por meio de nota, a prefeitura da cidade informou que o paciente de 41 anos que estava internado no Hospital Eduardo de Menezes morreu na tarde desta quinta. “É importante ressaltar que ainda não está confirmada a causa da morte”, concluiu a prefeitura


Comments are closed.