A prefeitura de Belo Horizonte deve receber até abril deste ano recursos do Ministério das Cidades para realizar obras de infraestrutura, habitação e saneamento básico na capital. O anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira (15) pelo prefeito Alexandre Kalil (PHS) e o ministro Alexandre Baldy, que visita a cidade para conhecer as principais reivindicações do Executivo.

O ministro e o prefeito não chegaram a dar detalhes das obras inicialmente apresentadas. Baldy, contudo, afirmou que “investimentos grandiosos” estão previstos para o complexo da Cachoeirinha, onde há grande incidência de enchentes em épocas de chuva. Para a manhã desta segunda-feira estão previstas visitas do ministro na Via 710 e no Viaduto Leste.

Ainda segundo o ministro, obras abrangem projetos de infraestrutura e habitação, Minha Casa Minha Vida, saneamento básico e coleta e tratamento de resíduos e devem precisar de recursos em torno de R$ 1 bilhão. Baldy afirmou que prefeitura receberá ajuda do governo federal, mas não informou quanto de recurso será liberado e quando liberação pode ocorrer.

Questionado sobre como obras poderiam ocorrer caso deixasse o ministério para se candidatar às eleições deste ano, o ministro afirmou que prioridade é tratar questões do ministério e que intenção é que obras sejam iniciadas em Belo Horizonte antes de abril (prazo dado aos ministros para que deixem o cargo e se candidatem).

CCAA Capinópolis

O ministro também foi questionado quanto as atitudes que o governo federal tomará em relação ao Anel Rodoviário e afirmou que decisões dizem respeito ao Ministério dos Transportes, mas reafirmou que até março uma solução será apresentada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui