O cantor, compositor e presidente da Empresa Mineira de Comunicação (EMC), que abrange a Rádio Inconfidência e a Rede Minas, Flávio Henrique Alves de Oliveira, de 49 anos, está internado em estado grave no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital Mater Dei, no Barro Preto, em Belo Horizonte.

A EMC e o hospital ainda não confirmam a informação, mas pessoas próximas ao músico afirmaram à reportagem de O TEMPO que ele foi diagnosticado com febre amarela e apresentaria um quadro grave da doença, que tem como consequência a insuficiência hepática.

“A situação dele é gravíssima. A suspeita é de que realmente seja febre amarela. Os amigos, inclusive, já estão doando sangue”, afirmou um familiar.

Continua após a publicidade

Músico de longa data, Flávio Henrique é compositor, produtor e instrumentista e tem mais de 120 músicas gravadas. Integrante do quarteto Cobra Coral, ele já participou de parcerias com Milton Nascimento, Chico Amaral, Fernando Brant, Márcio Borges, Zeca Baleiro, Ronaldo Bastos, Vander Lee, Paulo César Pinheiro, Toninho Horta, entre outras.

Flávio Henrique assumiu a Inconfidência em novembro de 2015 após a exoneração de Tancredo Antônio Naves.


Comments are closed.