Uma quadrilha de estelionatários de Minas Gerais foi presa por policiais da Delegacia de Investigações Gerais – DIG de São José do Rio Preto, no estado de São Paulo, após aplicar golpes em comerciantes da cidade. Com eles, foi apreendido um carregamento de 300 pares de sapatos e semijoias adquiridos com cartão de crédito clonado.

A DIG começou a investigar o caso na última sexta-feira, 12, quando os policiais foram procurados por comerciantes que tinham sido alvos dos golpistas.

Nesta segunda-feira, 15, uma equipe da DIG encontrou pistas da quadrilha, por meio da transportadora contratada para levar a mercadoria até Uberlândia.

Continua após a publicidade

Com apoio da Polícia Civil de Minas Gerais, foram detidos dois em homens de Ituiutaba, identificados como Júlio Paula Sene, de 49 anos e Thiago Borges Batista, de 29 anos, além de uma mulher, com identificação não fornecida, da cidade de Uberlândia. Na casa da mulher suspeita, foi recuperado o lote de 300 pares de sapatos.

A mercadoria recuperada será devolvida aos comerciantes de Rio Preto e de Curitiba, no Paraná.

O delegado da DIG de Rio Preto, Fernando Augusto Nunes Tedde, comandou às investigações.

Com informações do Diário da Região


Comments are closed.