A nova diretoria do Cruzeiro já deixou claro que, independentemente da disputa da Libertadores logo no início da temporada, quer levantar o troféu do Campeonato Mineiro em 2018. Esse, inclusive, é um dos objetivos do presidente Wagner Pires de Sá: voltar a ganhar o Estadual depois de quatro anos de jejum – a última conquista foi em 2014. Para isso, Mano já traçou as primeiras estratégias: rodar o time, com as novas peças, é uma delas.

“Só temos jogadores titulares agora (risos). Nem se definiu quem será mais ou menos titular, estamos com duas semanas de trabalho. O que se pode fazer não é muito. Vamos aproveitar base do ano anterior, mesmo assim estrearemos na quarta e no sábado teremos a segunda partida para um grupo que trabalhou 14 dias. É bem provável que efeitos de desgastes sejam maiores e obriguem o time a rodar mais. Mas não tenho preocupação em relação à qualidade do grupo. Posso fazer esse ano melhor do que no ano passado. Por isso montamos um time qualificado. Pela proximidade dos jogos, intensidade do primeiro semestre, principalmente até a Copa do Mundo. Vamos colocar sempre em campo uma equipe com vigor físico”, projetou.

Se não jogar os 90 minutos da estreia do Cruzeiro na temporada e no Estadual, em jogo diante do Tupi, nesta quarta-feira, às 21h45, Thiago Neves, por exemplo, jogará pelo menos 45 minutos. Fora de cinco dias de treinos da última semana em função de dores na panturrilha, o meia retornou aos trabalhos no último sábado e terá a primeira experiência nos gramados em 2018. Já o atacante Fred, por motivos burocráticos, provavelmente estará fora do duelo. Seu substituto está definido.

Continua após a publicidade

“Existe a possibilidade de o Fred não poder estrear na quarta, se não puder estrear na quarta, estreia no sábado. Se ele não puder jogar, vai jogar Rafael Sobis, como já jogou muitas vezes no ano passado e a equipe está acostumada com uma mobilidade maior, jogador que se mexe mais e não tem tanto posicionamento de área como o Fred tem. Com relação ao Thiago Neves, se não iniciar na primeira parte, vai jogar na segunda parte na quarta-feira. Ficou cinco dias fazendo treino especial em função de um pequeno desgaste na panturrilha e, como era início de temporada, poupamos. Atrasou a preparação, mas todos eles têm condição de jogar na quarta-feira, com exceção de Dedé, Raniel e Sassá”, garantiu.

Embora nem todos os reforços tenham condições na quarta-feira, a promessa é que os sete contratados (Edílson, Egídio, Marcelo Hermes, Bruno Silva, Mancuello, David e Fred) estejam no Mineirão. O Cruzeiro prepara a apresentação do elenco como preliminar do jogo diante do Tupi. Há uma festa programada na Esplanada do Mineirão e outra dentro do estádio. Mais de 25 mil ingressos já foram comercializados e a venda segue na internet e nas bilheterias.

Fonte: Superesportes


Comments are closed.