A Polícia Civil (PC) prendeu, na manhã desta quarta-feira (17), três pessoas envolvidas no homicídio de Katyane Rosa de Jesus Araújo, de 31 anos. A vítima, mulher de um policial militar, foi encontrada  parcialmente carbonizada no véspera do Ano-Novo, em Abaeté, na região Centro-Oeste do Estado. 

De acordo com as primeiras informações divulgadas pela corporação, foi deflagrada desde o início da manhã  a operação “Cavalo de Tróia”, que acontece simultaneamente na cidade mineira e no Distrito Federal.

Os nomes dos presos ainda não foram divulgados pela PC. Ao todo, 18 policiais civis participaram do cumprimento dos mandados de prisão e, também, de vários mandados de busca e apreensão.

Continua após a publicidade

A principal linha de investigação até o momento é de que se tratou de um latrocínio, o roubo seguido de morte, uma vez que os pertences da mulher, joias e dinheiro que ela levava no dia de seu desaparecimento, não foram encontrados.

Katyane saiu de casa por volta das 19h30 do dia 30 para entregar algumas notas fiscais e levando com ela a quantia de R$ 2 mil. Desde então, o marido não conseguiu mais contato com a vítima por telefone. 

O carro, completamente queimado, foi encontrado em uma estrada vicinal que dá acesso à MG-174, na cidade de Quartel Geral, também no Centro-Oeste mineiro.

Menos de 24h depois do encontro do veículo, o corpo da vítima foi achado também parcialmente queimado a cerca de 8 km de onde estava a caminhonete.

Aguarde mais informações


Comments are closed.