Fonte: Max Germano/Reprodução TV Vitoriosa

O Uberlândia Esporte Clube fez sua estreia no Campeonato Mineiro na noite da última quarta-feira, 17, contra a URT, no Parque Sabiá. O Verdão não conseguiu ser eficiente na partida e perdeu pelo placar de 2 a 0. Já o time de Patos de Minas manteve uma invencibilidade de 8 partidas no confronto entre as duas equipes.

A torcida do Uberlândia compareceu em bom número para a estreia da equipe no campeonato. Mas os ânimos logo esfriaram após a URT abrir o placar aos 9 minutos de jogo, com o atacante Felipe Alves, que fintou dois marcadores do Verdão, dentro da grande área, para abrir o placar.

Continua após a publicidade

O meio campo do Uberlândia tentou criar várias jogadas para correr atrás do prejuízo, mas que não surtiram efeito. O primeiro tempo terminou e a equipe foi para os vestiários vaiada pela torcida.

Para o segundo tempo, o técnico Paulo César Catanoce promoveu a entrada dos atacante Danilo Bala e Saulo. As mudanças pareceram surtir efeito e o Uberlândia conseguiu produzir mais e chegar com perigo ao gol da URT.

Apesar da notável melhora do Verdão, foi a equipe de Patos de Minas que ampliou o placar, aos 24 minutos: após escanteio, o zagueiro Victor Salinas subiu sozinho e cabeceou no canto direito do gol, sem chances de defesa para o goleiro Felipe, dando números finais à partida.

Com a vitória, a URT mantém um tabu que já dura cinco anos: não perde para a equipe do Uberlândia desde 2012. Desde então, aconteceram 8 partidas, com cinco vitórias do Trovão Azul e três empates.

Na 2ª rodada do Campeonato Mineiro, o Uberlândia vai até Juiz de Fora enfrentar a equipe do Tupi. Já a URT recebe o América-MG, no Estádio Zama Maciel.

Uberlândia 0 x 2 URT

Motivo: Campeonato Mineiro 1ª rodada

Data: 17 de janeiro de 2018

Local: Estádio Parque do Sabiá, em Uberlândia

Uberlândia: Felipe; Lima, Mauro Viana, Bruno Costa e Rogério; João Paulo, Marco Goiano, Alê e Eliomar (Saulo); Ricardinho (Danilo Bala) e Alfredo (Deivison). Técnico: Paulo César Catanoce.

URT: Carlão; Carlinhos, Rodolfo, Victor Salinas e Douglas Maia; Diogo Orlando, Jô, Bruninho e Eduardo Ramos (Bruno Oliveira); Macena (Ewerton Maradona) e Felipe Alves (Wellington). Técnico: Rodrigo Santana.

Gols: Felipe Alves, aos 9 minutos do primeiro tempo e Victor Salinas, aos 24 minutos do segundo tempo.

Árbitro: Jerferson Antônio da Costa

Assistentes: Ricardo Júnio de Souza, Douglas Almeida Costa e Leonardo Prados Neves Silva

Público: 8.024 pessoas

Renda: 157.720 reais


Comments are closed.