Um homem, que não teve a identidade divulgada, morreu na tarde dessa quinta-feira (18), com suspeita de febre amarela, em Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira.

Caso se confirme que ele morreu em decorrência da doença, este será o primeiro óbito registrado na cidade e o 18º caso em Minas Gerais.

A vítima estava internada no Hospital Albert Sabin e foi transferido para a Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora na última quarta-feira (17), com o quadro de hepatite fulminante. No mesmo dia, ele passou por uma cirurgia de transplante de fígado, mas, por estar muito debilitado, não resistiu e faleceu nessa quinta, por volta das 16h.

Continua após a publicidade

As informações foram confirmadas pela assessoria de comunicação da Santa Casa, que também informou que foram colhidas amostras do pacientes e enviadas para análise.

De acordo com a assessoria de comunicação da Prefeitura de Juiz de Fora, ainda há mais um caso sendo investigado na cidade. Um homem de 66 anos está internado no Hospital Albert Sabin com suspeita de febre amarela.

Até o momento, são 17 mortes por febre amarela em Minas Gerais, sendo 6 em Nova Lima, 2 em Mariana, e em Belo Horizonte, e uma morte em Brumadinho, Caeté, Rio Acima, Carmo da Mata, Goianá, Mar de Espanha e Barra Longa.


Comments are closed.