Dois sargentos da Polícia Militar (PM) morreram neste sábado (20) após um grave acidente com uma viatura da corporação registrado na MG-423, na altura de Pitangui, na região Centro-Oeste do Estado. Um terceiro militar está internado com traumatismo craniano no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, em Belo Horizonte

Os militares eram da 7ª Companhia Independente e atuavam na cidade de Divinópolis, também no Centro-Oeste mineiro. Segundo um colega deles que não quis ser identificado, os policiais retornavam após um dia de trabalho em Pitangui, durante o plantão. 

O sargento Claudinei Fiúza Diniz morreu na hora do acidente, enquanto o sargento Luciano Sérgio Ferreira chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos graves ferimentos.

Continua após a publicidade

“Todos os dois militares que morreram já tinham tempo para se aposentar. O Fiúza, era campeão de Jiu Jitsu, um cara muito caseiro sabe, só ia de casa para o trabalho. É realmente uma fatalidade”, lamentou o policial. 

O terceiro militar ferido, identificado apenas como cabo Camargos, sofreu um traumatismo craniano e foi transferido para o HPS João XXIII, em BH. A unidade de saúde não divulga o estado de seus pacientes. 

FOTO: REPRODUÇÃO / ARQUIVO PESSOAL
SARGENTO MORTO NO ACIDENTE
O sargento Fiúza faleceu ainda no local do acidente

O corpo do sargento Fiúza é velado na manhã deste domingo (21) na sede da companhia onde ele atuava. Já o corpo do outro militar, que faleceu no fim da noite na Santa Casa de Pitangui, até 8h30 ainda aguardava a liberação no Instituto Médico-Legal (IML). 

 

O acidente

O acidente aconteceu por volta das 17h de sábado. As informações iniciais do Corpo de Bombeiros indicavam que a viatura teria tentado desviar de uma motocicleta que trafegava na contramão de direção da rodovia, perdeu o controle e bateu em uma árvore às margens da MG-423, que liga Pitangui a Nova Serrana. 

Entretanto, ainda de acordo com a PM, somente a perícia da Polícia Civil (PC) poderá responder se esta foi a real causa do acidente. 


Comments are closed.