Presidentes do Brasil — Fatos importantes

O Tudo Em Dia destaque todos os presidentes do Brasil em ordem cronológica, de 1889 aos dias atuais. Os fragmentos históricos estão retratados de 2014 aos dias atuais.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é presidentes-do-brasil-1.jpg

FRAGMENTOS PARA A HISTÓRIA

Dilma Rousseff foi reeleita presidente do Brasil em 2014 em uma acirrada disputa no segundo turno com o candidato tucano Aécio Neves.

2014

dilma-1

2016

Dilma Vana Rousseff Foi afastada em 12/05/2016 após abertura de processo de impeachment na Câmara e no Senado brasileiro.

Por 61 votos a 20, o Senado condenou a petista por crime de responsabilidade pelas chamadas “pedaladas fiscais”, que são o atraso no repasse de recursos do Plano Safra a bancos públicos, e pela edição de decretos de créditos suplementares sem aval do Congresso. Foram 7 votos a mais do que o mínimo necessário -54 das 81 cadeiras do Senado.

O ex-presidente Fernando Collor —o primeiro chefe do Executivo a sofrer um processo de impeachment na América Latina—, se desfiliou ao PTB por ser contra o afastamento da presidente Dilma Rousseff. (Leia)

O impeachment da presidente Dilma Rousseff foi aceito e Michel Temer tomou posse como Presidente oficial em 01/09/2016 – Os direitos políticos de Dilma Rousseff foram preservados.

2017

No dia 17/05/2017 – Foi publicado a notícia de que Michel Temer foi gravado pelo dono da JBS, Joesley Batista, dando aval para comprar silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha; A crise brasileira tomou proporções desastrosas e a bolsa de São Paulo teve grandes perdas. (Leia)

O senador Aécio Neves, que concorreu à presidência contra Dilma Rousseff, foi gravado pelo dono da JBS, Joesley Batista, pedindo R$2 Milhões de supostas propinas. A irmã de Aécio, Andréa Neves, também foi presa (veja). Aécio foi afastado do mandato de senador (Veja), mas retomou o cargo após votação no Senado em 17/10/17 (veja).

25/10/2017 – Michel Temer teve a segunda denúncia recusada por 233 votos a favor da denúncia e 251 contra a denúncia. Seriam necessários 342 votos para que o Supremo Tribunal Federal fosse autorizado a analisar a acusação contra Temer e dois de seus ministros, Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral).

2018

05/04/2018 – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (Lula) foi condenado a prisão e deveria ter se entregado à Polícia Federal até as 17h do dia 06/04/2018, mas não o fez, ficando recluso no Sindicato dos Metalúrgicos em São Bernardo do Campo (SP). Lula foi condenado por Moro no caso do tríplex de Guarujá em julho de 2017. Em janeiro, os juízes do TRF-4 confirmaram a condenação e votaram por aumentar a pena do petista para 12 anos e um mês de prisão (veja). Lula é o 5º homem a ocupar a presidência da República preso. (veja quem foram os presidentes presos)

(leia tudo que foi publicado sobre o assunto)

ELEIÇÕES DE 2018

07/2018 ─ As eleições presidenciais se aproximam e as ‘fake news’ ─ termo popularizado pelo presidente norte americano Donald Trump para se referir às notícias falsas ─ é uma das grandes preocupações. As notícias falsas tomam a pauta nas redes sociais como Facebook, WhatsApp, Twitter e outras.

O empresário Flávio Rocha (PRB), dono da Riachuelo, desistiu de ser candidato à Presidência. O anúncio de sua saída da corrida eleitoral deve ser formalizado no dia (13/07/18).

08/2018 — As eleições de 2018 tiveram início oficial no dia 16/08/18/; Veja os candidatos à presidente neste ano: Jair Bolsonaro (PSL); Marina Silva (Rede); Ciro Gomes (PDT); Geraldo Alckmin (PSDB); Fernando Haddad (PT); Alvaro Dias (Podemos); Cabo Daciolo (Patriota); Eymael (DC); Guilherme Boulos (PSOL); Henrique Meirelles (MDB); João Amoêdo(Novo); João Goulart Filho (PPL); Vera Lúcia (PSTU).

Preso em Curitiba-Pr., o ex-presidente Lula insiste na tese de ser candidato — a lei da ‘ficha limpa’, que foi sancionada por ele mesmo, o impede de ser candidato. Cabe ressaltar como fato histórico que, o atual presidente Michel Temer (MDB) e o senador Aécio Neves, ambos envolvidos em sérios crimes, não estão presos.

As redes sociais ocupam um papel central nas eleições, com possibilidade de reduzir a importância da propaganda no rádio e na Tv pela primeira vez em décadas.

A ex-presidente Dilma Rousseff —que sofreu impeachment em 2016 —, é candidata ao senado por Minas Gerais e seu arque rival, Aécio Neves, tenta uma vaga como deputado federal, também por Minas Gerais.

Facada

09/2018 – Candidato líder nas pesquisas de intenção de votos —Jair Messias Bolsonaro— é esfaqueado durante ato de campanha em Juiz de Fora (MG). (Leia e assista ao vídeo)

Justiça não permite candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) —que está preso desde abril de 2018 em Curitiba (PR). Fernando Haddad (PT) é nomeado seu sucessor e dispara nas intenções de voto.

Beto Richa (PSDB), ex-governador do Paraná, é preso pelo Gaecoem Curitiba (Leia).

07/10/2018 – Após a apuração das urnas eleitorais, Jair Bolsonaro (PSL) disputará o segundo turno com Fernando Haddad (PT). (Veja a apuração).

Em Minas Gerais, a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) —que liderou as pesquisas eleitorais para o Senado Federal até a última semana de campanha eleitoral—, ficou em quarto lugar. Dilma garantiu uma derrota marcante ao Partido dos Trabalhadores em Minas. Fernando Pimentel (PT) —atual governado de Minas Gerais e que tentava a reeleição— ficou em terceiro lugar.

– Bolsonaro diz que problemas com urnas impediram vitória no primeiro turno (veja).

09/10/2018 – Publicitário é suspenso de agência após atacar nordestinos por votação em Haddad. Clima de xenofobia toma conta das redes sociais (veja).

10/10/2018 – Ex-governador de GO, Marconi Perillo (PSDB), é preso pela PF na operação que apura pagamento de propina (veja).

18/10/2018 – Haddad acusa Bolsonaro de criar rede de fake news e diz que vai à Justiça.

O segundo turno das eleições será disputado no dia 28 de Outubro de 2018.

28/10/2018 — Jair Messias Bolsonaro (PSL) é eleito presidente da República Federativa do Brasil com 55,13% dos votos. O candidato do Partido dos Trabalhadores, Fernando Haddad, obteve 44,87% dos votos. Brancos somaram 2,14% e os votos nulos somaram 7,43%. 

Veja tudo que o Tudo Em Dia publicou sobre as eleições 2018

2019

01/01/2019 — Jair Messias Bolsonaro (PSL) toma posse como presidente da República Federativa do Brasil e empossa 22 ministros. Veja quais são os ministros que iniciaram o governo Bolsonaro.

21/03/2019 — O ex-presidente Michel Temer (MDB) é preso pela operação Lava Jato.

21/03/2019 — Com prisão de Moreira Franco, RJ tem seu 5º ex-governador preso.

04/04/2019 — Ex-presidente Michel Temer vira réu pela quarta vez, agora pelo caso da reforma na casa da filhaCom prisão de Moreira Franco, RJ tem seu 5º ex-governador preso.

09/06/2019 — Conversas revelam colaboração proibida de Sérgio Moro com Dallagnol na Lava Jato, diz site.

25/06/2019 Militar da comitiva de Bolsonaro é preso na Espanha com 39kg de cocaína.

SES – MG coordena enfrentamento da febre amarela no Triângulo Norte

Homem é flagrado tentando arrombar viatura da PM em Pouso Alegre