O Parque Municipal Aggeo Pio Sobrinho, no Buritis, na região Oeste de Belo Horizonte, e o Parque Ecológico Roberto Burle Marx, no Barreiro, serão fechados para visitação a partir desta terça-feira (23). De acordo com o município, o objetivo da medida é prevenir a febre amarela, uma vez que a mata dos dois locais está conectada à vegetação dos parques da Serra do Curral e das Mangabeiras, “integrando um mesmo corredor ecológico”.

O presidente do projeto Bom na Bola Bom na Vida, que incentiva a prática de esportes, Carlos Antônio de Vasconcelos, contou que recebeu uma ligação da Fundação de Parques Municipais falando sobre a necessidade de suspender as atividades nos parques. “Está certo, é uma forma de precaução”, afirmou.

No ano passado, a prefeitura já havia fechado, por causa da febre amarela, o Parque das Mangabeiras, o Mirante, o Parque Serra do Curral e o Parque Jacques Cousteau. Esta medida também foi tomada após macacos mortos serem encontrados nesses locais.

Continua após a publicidade

A prefeitura informou que mantém o monitoramento da ocorrência de casos suspeitos da doença e de episódios de morte de macacos, com a adoção das medidas indicadas em cada situação. Conforme o município, diante da identificação de caso suspeito ou da ocorrência de morte em macaco, são intensificadas as ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, vetor urbano que pode transmitir a febre amarela, e é feito levantamento da situação vacinal das pessoas que residem no local.

Atualmente, a capital conta com cobertura vacinal superior a 86% – a meta é vacinar 95% da população. As doses estão disponíveis nos 152 centros de saúde da cidade. Quem já tomou uma dose da vacina não precisa se vacinar novamente. 


Comments are closed.