Gol da vitória flamenguista saiu ainda no primeiro tempo, com o jovem Vinícius Júnior Fonte: Gilvan de Souza/Flamengo

O Flamengo mostrou mais uma vez a força do seu elenco e venceu por 1 a 0 a Cabofriense, neste domingo, na Ilha do Urubu. Com o resultado, os rubro-negros seguem com 100% de aproveitamento chegam a seis pontos, na liderança do grupo B da Taça Guanabara. Já a equipe da Região dos Lagos continua sem vencer, com apenas um ponto.

O gol da vitória flamenguista saiu ainda no primeiro tempo, com o jovem Vinícius Júnior. No restante do tempo, o Flamengo pouco sofreu com a Cabofriense, mas também não criou muitas chance de gol.

Continua após a publicidade

Na próxima rodada, o Flamengo terá pela frente o Bangu, nesta quarta-feira, na Ilha do Urubu. No mesmo dia, a Cabofriense vai enfrentar o Vasco, no Raulino de Oliveira.

O jogo

A partida começou equilibrada, com as duas equipes priorizando a marcação, mas em busca do ataque. A primeira chance de gol aconteceu somente aos dez minutos. Jean Lucas tentou o cruzamento e acertou a rede pelo lado de fora da Cabofriense.

O Flamengo buscava mais o jogo, mas tinha dificuldade em passar pela marcação da Cabofriense. Tanto que aos 21 minutos, Lincoln arriscou de longe para defesa segura de George. Os visitantes respondeu três minutos depois. Após cruzamento de Airton, Davi Ceará fica com a bola, mas finaliza mal.

Só que aos 32 minutos, os rubro-negros abriram o placar. Vinicius Júnior aproveitou cruzamento pela direita para colocar para a rede.

Mesmo  depois do gol, o Flamengo continuou tendo o domínio da partida. Tanto que os donos da casa quase marcaram o segundo aos 35 minutos. Jean Lucas recebeu passe na área e finalizou em cima de George. No entanto, nos minutos finais, a Cabofriense foi em busca do empate. Bruno Tubarão e Victor Silva tentam o gol, mas tiveram que ir para o intervalo atrás no marcador na Ilha do Urubu.

No segundo tempo, a Cabofriense assustou logo aos dois minutos. Após cobrança de escanteio, Leandro Euzébio cabeceou colocado e quase acertou o gol. A equipe da Região dos Lagos criou nova chance aos nove. Paulo Sérgio cruzou e João Carlos se antecipou para finalizar, mas para fora.

O Flamengo só foi criar sua primeira boa chance da etapa final aos 11 minutos. Lincoln arriscou de longe e obrigou George a fazer grande defesa. O lance animou os rubro-negros, que tiveram o domínio do jogo por alguns minutos. Só que a Cabofriense voltou a chegar com perigo aos 20 minutos. Maranhão recebeu passe na área e chutou para boa defesa de Gabriel Batista.

Com o passar do tempo, o Flamengo começou a administrar o resultado, principalmente com troca de passes no campo de ataque. A Cabofriense demorou para se adequar ao novo estilo de jogo dos rubro-negros, mas esboçaram uma pressão nos minutos finais. O goleiro Gabriel Batista foi obrigado a salvar os donos da casa, que garantiram o triunfo na Ilha do Urubu.

FLAMENGO 1 X 0 CABOFRIENSE

FLAMENGO

Gabriel Batista, Rodinei (Klebinho), Thuler, Léo Duarte e Renê (Ramon); Jonas (Jajá), Ronaldo, Jean Lucas e Lincoln (Wendel); Lucas Silva e Vinícius Júnior (Pepê).Técnico: Paulo Cesar Carpegiani

CABOFRIENSE: George; Leomir (Paulo Sérgio), Victor Silva, Leandro Euzébio e Airton; Levi (Mateus Guerreiro), Bruno Tubarão (Manga), Kaká Mendes (Marcelo Gama) e Davi Ceará (Lauro César); Maranhão e João Carlos. Técnico: Antonio Carlos Roy

Local: Ilha do Urubu, Rio de Janeiro (RJ)

Data: 21 de janeiro de 2018, domingo

Hora: 20h15 (de Brasília)

Árbitro: João Batista de Arruda

Assistentes: Gabriel Conti Viana e Carlos Henrique de Souza

Renda: R$ 86.072,00

Público: 3.332 pagantes

Cartões amarelos: Jonas e Ronaldo (Flamengo); Leomir e Victor Silva (Cabofriense)

GOL:

FLAMENGO: Vinícius Júnior, aos 32min do primeiro tempo

Superesportes


Comments are closed.