Eventual saída de Thiago Neves pode prejudicar Cruzeiro em projeto de brigar pela Libertadores Fonte: Alexandre Guzanshe/E.M/D.A.Press

Principal nome do Cruzeiro em 2017, com 17 gols e 14 assistências, e grande esperança da torcida na campanha da Copa Libertadores deste ano, o meia Thiago Neves recebeu uma proposta do Al-Hilal da Arábia Saudita e definirá o seu futuro nos próximos dias. A informação foi adiantada pelo portal Globoesporte.com e confirmada pelo Superesportes nesta segunda-feira à noite.

Em contato com a reportagem, o agente de Thiago Neves, Leandro Lima, explicou que tem reunião agendada com a diretoria do Cruzeiro para esta terça-feira. No momento do contato, ele estava a caminho de Belo Horizonte.

Continua após a publicidade

”Estou indo para Belo Horizonte. Não posso falar nada antes de falar com o Cruzeiro. Tenho reunião agendada para amanhã com a diretoria. E não posso falar nada antes de conversar com o Cruzeiro. Não tenho autorização para falar mais nada”, declarou o representante de Thiago Neves ao Superesportes.

Outras fontes ligadas ao jogador também confirmaram à reportagem que o Cruzeiro já tem conhecimento dos valores oferecidos pelo Al-Hilal pela liberação de Thiago Neves. Os papeis serão apresentados oficialmente no encontro desta terça-feira.

Por meio da assessoria de comunicação, o Cruzeiro informou que “houve uma sondagem extra-oficial sobre Thiago”. “Devemos ter algo oficial nesta semana. Se for oficial, informaremos. Por enquanto, só sondagem. Por se tratar de sondagem, não podemos falar sobre os clubes interessados”, acrescentou.

Thiago Neves, de 32 anos, tem vínculo com o Cruzeiro até dezembro de 2019.

Tudo indica que uma possível permanência do meia no Cruzeiro dependerá de um reajuste salarial. Embora Thiago Neves já tenha um dos maiores vencimentos da Toca da Raposa, o camisa 30 está em patamar inferior, por exemplo, ao recém-contratado Fred.

Nos últimos dias, ao celebrar nas redes sociais o seu primeiro ano de Cruzeiro, Thiago Neves declarou que sua história no clube só está começando. Já nesta segunda-feira, durante entrevista coletiva na Toca da Raposa II, o camisa 30 evitou estipular metas de gols e assistências, como fez em 2017, mas garantiu que seu objetivo é ganhar títulos.

Thiago Neves é um dos maiores ídolos da história do Al-Hilal. Em duas passagens pelo clube saudita, entre 2009 e 2011, e entre 2013 e 2015, o meia marcou 64 gols em 125 jogos, com média de 0,512 gol por apresentação. Segundo números disponibilizados por sua  assessoria, Neves ainda deu 31 assistências no período.

No Al-Hilal, Neves conquistou o Campeonato Saudita (2009/2010), a Copa do Rei (2014/2015) e a Copa do Vice-Rei (2009/2010). O meio-campista também foi vice-campeão da Liga dos Campeões da Ásia (2013/2014).

Superesportes


Comments are closed.