Terrenos em que a Prefeitura realizou reintegração de posse estão tomados pelo lixo

Os terrenos onde ocorreram as reintegrações de posse por parte da prefeitura de Uberlândia estão abandonados. Várias casas foram demolidas nos Bairros Granada e Lagoinha para construções de áreas de lazer, mas até o momento só tem lixo.

No dia 22 de agosto do ano passado, a prefeitura realizou a reintegração de posse em um terreno, que pertence ao município na Rua Inácia Teodora, no Bairro Granada. Os moradores já estavam no local há 20 anos e tiveram que se mudar às pressas, já que o prazo para saída do local foi de apenas 15 dias.

Os moradores tentaram negociar os lotes com a prefeitura, mas não houve acordo. Na época da demolição, a TV Vitoriosa esteve no local e o que a população mais falava aconteceu. “Tomara que aqui não volte a ser um lixão como era no início”, afirma ex-morador.

O repórter voltou ao local nesta segunda-feira, 22, e constatou que o terreno realmente virou um lixão e que nada ainda foi construído. Na época da demolição houve a possibilidade da construção de uma praça ou uma academia ao ar livre.

Desapropriação Lagoinha

No dia 22 de novembro, ocorreu a desapropriação no Bairro Lagoinha. Cerca de sete famílias foram despejadas. O terreno é da prefeitura e os moradores estavam ocupando uma extensão de dois quarteirões da Rua Berthoaldo Thomaz de Aquino.

O local também virou um lixão e os moradores reclamam da decisão tomada pela prefeitura. “Muitas pessoas ficaram sem lugar de morar e agora os terrenos se transformaram em lixão,”, afirma moradora.

Leia mais sobre o assunto:
Prefeitura inicia demolição dos muros de casas em rua do Bairro Granada

 Servidores da prefeitura cumprem reintegração de posse no Bairro Lagoinha

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Caminhão carregado de gasolina pega fogo na BR-381 em Betim

Intervenção militar seria enorme retrocesso, diz comandante do Exército